Este momento é de suma importância para a condução da avaliação física, pois nele o profissional conhecerá o avaliado, sabendo seu nível de atividade física, histórico médico, gostos, preferências e disponibilidade. Realizando, também, a estratificação do risco deste avaliado para se inserir ou permanecer na prática regular de exercícios físicos.

Encontrou sua resposta?